terça-feira, 17 de maio de 2011

Breve do Papa Clemente XIV à Igreja Matriz de Ílhavo, 1774


Arquivo da Paróquia de Ílhavo © , Breve de jubileu das quarenta horas
para a Igreja Matriz de Ílhavo, 30 de Junho de 1774
(clica na imagem para ampliar)











Tradução:

   CLEMENTE, papa décimo quarto; A todos os fieis de Cristo que virem as presentes letras saúde e bênção apostólica. Para aumentar a religião dos fieis, a a salvação das almas aplicados nos compsia caridade aos celestiais tesouros da Igreja pelas presentes que hão-de valer somente por sete anos misericordiosamente em o Senhor concedemos Indulgência plenária e remissão de todos os pecados a todos os fieis que verdadeiramente contritos e confessados e refeitos com a sagrada comunhão por algum espaço de tempo devotadamente assistirem à oração das quarenta horas continuadas e não interpoladas senão no tempo da noite que se há-de instituir de licença do ordinário uma só vez no ano na Igreja Paroquial do lugar ou Vila de Ílhavo, Bispado de Coimbra e aí rogarem a Deus pela concórdia dos príncipes cristãos extirpação das heresias e exaltação da Santa Madre Igreja. Porém queremos que as presentes sejam nulas se em outro tempo perpétuamente ou por tempo ainda não acabado aos fieis de Cristo que em qualquer outro dia do ano visitarem a dita Igreja se tenha concedida outra alguma semelhante Indulgência que ainda dure ou se pela impetração, apresentação, admissão ou publicação das presentes se der ou receber alguma coisa ainda mínima e expontaneamente oferecida.
   Dadas em Roma, junto a santa Maria Maior debaixo do anel do Pescador aos trinta de Junho de mil setecentos e setenta e quatro, ano sexto do nosso Pontificado=

Sem comentários:

Enviar um comentário