domingo, 6 de março de 2011

Estatutos das Irmandades da Paróquia de São Salvador de Ílhavo

Nas informações paroquiais de 30 de Maio de 1721 são descritas na matriz de Ílhavo as Confrarias do Santíssimo Sacramento e da Senhora do Rosário, cada uma com mordomia e tombo de rendas de legados, zelando pelos altares colaterais e ainda a Confraria do Senhor Jesus com capela própria existente na naveda igreja, do lado esquerdo, onde se venerava uma imagem milagroza de Christo N. S. Crucificado.
É também descrita na Capela de Nossa Senhora do Pranto uma Confraria de grande concurso de fregueses, com esmolas que tiram os mordomos e rendas de legados que lhe foram deixados.
Descrevem-se ainda nas Capelas dos lugares uma Confraria de São Tiago da Ermida, Confraria do Divino Espírito Santo de Vale de Ílhavo e Confraria de Santo António da Coutada.

As informações paroquiais de 1758 descrevem que, na matriz de São Salvador de Ílhavo, apenas existia uma Irmandade denominada de Irmandade do Bendito Louvado, com Breve do Papa Clemente XXII datado de 15 de Setembro de 1732, com cinco jubileus cada ano e funcionando com cerca de 650 irmãos.
Nesta data é-nos descrito também que na freguesia de São Salvador de Ílhavo existiam ainda oito Confrarias: a do Santíssimo Sacramento, a das Almas, a da Senhora do Rosário, a de Nossa Senhora do Pranto, a do Senhor Jesus, estas com maior número de confrades e ainda a de São Sebastião, a do Espírito Santo em Vale de Ílhavo, a de São Tiago no Couto da Ermida, a de Santo António da Coutada, elegendo mordomos nas oitavas do Natal na Igreja Matriz à qual presidia o pároco. 

Estatutos da Irmandade do Santíssimo Sacramento e Almas de Ílhavo (1843)


26 de Maio de 1941

A Irmandade do Santíssimo Sacramento e Almas de Ílhavo é uma das poucas irmandades ainda no activo.
Irmandade secular, refundada na primitiva Confraria com registos desde o século XVII e descrita em 1721, tem os seus estatutos assinados a 13 de Setembro de 1843.

“Originaes estatutos da Irmandade do Santíssimo Sacramento e Almas, erecta na Igreja Paroquial de São Salvador da Freguesia e Villa de Ílhavo: precedidos do Alvará Régio de dezoito de Fevereiro de 1845, pelo qual forão approvados e confirmados – Foi instalada a dita Irmandade n’esta vila de Ílhavo aos 8 de Dezembro 1845.”

Estes estatutos foram reformulados em 26 de Maio de 1941 com aprovação do prelado de 29, e editados em publicação nesse mesmo ano.
Estatutos da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário da Ermida (1867)

A Irmandade de Nossa Senhora do Rosário da Ermida, erecta na Capela de São Tiago da Ermida foi instalada a 25 de Julho de 1867, teve como primitivos os estatutos assinados a 21 de Setembro do mesmo ano. Actualmente encontra-se inactiva.

Este estatutos foram reformulados em sessão de 28 de Outubro de 1912, presidindo o Juiz José António Rodrigues Junior , o tesoureiro João Alves Russo, o secretário António Egídio e os vogais Manuel Ferreira da Conceição e João Martins Silvestre, com outros novos estatutos aprovados em 10 de Junho de 1944.

Estatutos da Irmandade de Nossa Senhora das Necessidades dos Moitinhos (1943)

A Irmandade de Nossa Senhora das Necessidades, erecta na Capela do lugar dos Moitinhos teve como primitivos os estatutos assinados a 21 de Maio de 1943. Encontra-se actualmente inactiva.


Estatutos da Irmandade de Santo António da Coutada (1940)


A Irmandade de Santo António da Coutada, erecta na Capela de Santo António no lugar da Coutada foi instalada a 25 de Abril de 1940, teve como primitivos os estatutos assinados no mesmo dia. Encontra-se actualmente inactiva.
Estatutos da Irmandade de Nossa Senhora da Luz e Almas da Légua (1943)


A Irmandade de Nossa Senhora da Luz e Almas, erecta na Capela do lugar da Légua teve como primitivos os estatutos assinados a 27 de Fevereiro de 1943. Encontra-se actualmente inactiva.

Estatutos da Irmandade de Nossa Senhora do Pranto e Dores de Ílhavo (1943)

A Irmandade de Nossa Senhora do Pranto e Dores, erecta na Capela de Nossa Senhora do Pranto em Cimo de Vila de Ílhavo foi refundada na primitiva Confraria já descrita em 1721 e tem estatutos assinados a 8 de Dezembro de 1943, com aprovação do prelado de 21 dos mesmos.


 

Sem comentários:

Enviar um comentário